Adriana Levisky irá ministrar palestra na Greenbuilding Brasil 2017 em sessão educacional sobre Quota Ambiental e o desafio da presença do verde na cidade

FOTO_ADRIANA LEVISKY_2_CRÉDITO NATHALIE ARTAXO

Adriana Levisky – fotografia por Nathalie Artaxo

2017 – No dia 9 de agosto, das 09h30 às 11h30, a arquiteta urbanista sócia titular do escritório Levisky Arquitetos | Estratégia Urbana e vice-presidente São Paulo da AsBEAAdriana Levisky, irá ministrar palestra na 8ª Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo, durante a sessão educacional Quota Ambiental e o desafio da presença do verde na cidade, da qual participa com a arquiteta urbanista Myriam Tschiptschin, do núcleo de urbanismo sustentável do CTE – Centro de Tecnologia de Edificações.

Na ocasião, a aplicação e os impactos do novo Plano Diretor Estratégico de São Paulo (Lei 16.050/14), da Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo – LPUOS (Lei 16.402/16) e do Novo Código de Obras (Lei 16.642/17) para o desenvolvimento urbano sustentável estarão no centro do debate. O objetivo é estimular reflexão e troca de experiências sobre questões sócio-ambientais, comportamentais e econômicas fundamentais para a melhora da qualidade de vida na cidade. Com foco no setor da construção, Adriana Levisky irá abordar a importância da adoção de um olhar sistêmico e integrador, que envolve considerar aspectos a serem tratados em conjunto com a temática da ‘presença do verde’ visando, sobretudo, expandir oportunidades e implementar uma cultura sustentável mais efetiva respeitando a viabilidade técnica e financeira. “Trata-se de postura fundamental, seja por parte dos agentes públicos ou privados, tanto em relação ao arcabouço legislativo em vigor, como para a prática projetual cotidiana”, diz Levisky.

Quota Ambiental em foco

O instrumento urbanístico da Quota Ambiental integra a Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo – LPUOS (Lei 16.402/16), e estabelece um regramento específico vinculado a uma postura construtiva sustentável. Já a Lei 16.642/17, Novo Código de Obras, estabelece regramento específico para requalificação e reformas. “Esta conquista não poderá ser perdida em hipótese alguma, significa oportunidade para a estruturação de uma cultura comportamental com viés consciente relativo aos conceitos de responsabilidade ambiental voltada à construção civil e à vida cotidiana, representando um ganho extremamente importante” explica Adriana Levisky.

Por outro lado, em análise crítica, Levisky aponta que as parametrizações da Quota Ambiental são restritas, relativas especificamente à drenagem urbana e à arborização.  Com o objetivo de buscar mais efetividade, indica que o instrumento urbanístico deve passar por ajustes em sua forma e estrutura, o que inclui revisão legislativa visando considerar aspectos tais como: energia, eficiência das infraestruturas, manejo de resíduos sólidos, procedência e qualidade dos produtos utilizados em obras, procedimentos responsáveis executados durante as obras e na manutenção dos empreendimentos, sejam eles residenciais ou não residenciais, e, ainda, interface social e urbana do empreendimento, desde a implantação até a sua utilização, envolvendo seus aspectos sócio-econômicos, entre outros. “O Código de Obras avança estabelecendo critérios de requalificação, porém peca na ausência de critérios mais abrangentes de retrofit considerando todo o território urbano municipal”, complementa Levisky.

Durante a palestra, serão apresentados cases práticos abordando reforma, requalificação e retrofit. O objetivo é estimular o debate sobre a efetividade da referida legislação e a favor da renovação e desenvolvimento dos empreendimentos e dos espaços urbanos com o uso de ferramentas projetuais como: sistemas construtivos e tecnologias responsáveis, compacidade, usos mistos, mescla de oportunidades culturais, de lazer, saúde e educação em espaços compartilhados, somados à priorização do pedestre nas cidades, criação de vínculo e identidade nos espaços públicos e privados.

Sobre Adriana Levisky: é arquiteta urbanista sócia titular do escritório Levisky Arquitetos | Estratégia Urbana, sediado na cidade de São Paulo/Brasil, é vice-presidente São Paulo e coordenadora do Grupo de Trabalho de Legislação (GTL) da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura – AsBEA, conselheira do Conselho Municipal de Política Urbana de São Paulo – CMPU e do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável – CBCSLevisky Arquitetos | Estratégia Urbana pauta-se na elaboração de soluções e ações estratégicas relacionadas às questões urbanísticas e edilícias, à estruturação legal e estratégica de empreendimentos complexos, à elaboração de projetos urbanos e institucionais (hospitais, escolas, museus) e à viabilização de interlocuções e modelos de cooperação público-privados. Adriana Levisky é graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo – FAU USP em 1992 e mestre pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo – FFLCH USP em 2000. Lecionou nas cadeiras de ‘Introdução ao Projeto’ e ‘Desenho Urbano’ entre 1996 e 2004.

Sobre Levisky Arquitetos | Estratégia Urbana:  é um escritório de Consultoria EstratégicaProjetos Arquitetônicos e Urbanos. A partir de uma visão que une criatividade e inovação, elabora soluções e ações específicas relacionadas às estruturações estratégicas com base nas legislações urbanística e edilícia, no desenvolvimento e aprovação de empreendimentos complexos, bem como, na elaboração de ações de vizinhança e na viabilização de interlocuções e modelos de cooperação público-privados.

O portfólio de projetos realizados por Levisky Arquitetos | Estratégia Urbana retrata uma atuação focada em requalificação de espaços públicos e privados para a valorização urbana, sempre considerando os temas ambientais, sociais, culturais, tecnológicos, econômicos, no que tange especialmente as infraestruturas para a melhora da qualidade de vida nas regiões metropolitanas. O escritório desenvolveu cerca de 7 milhões de metros quadrados em projetos de arquitetura, urbanismo e consultoria estratégica. Fruto de premiação e reconhecimento internacional, trata-se de uma trajetória caracterizada pela experiência em conceber e viabilizar novos modelos de negócios que promovam a transformação e a ocupação qualificadas das áreas urbanas.

Saiba mais> www.leviskyarquitetos.com.br |www.facebook.com/leviskyarquitetos

SERVIÇO:

Sessão Educacional | Palestra de Adriana Levisky

Quota Ambiental e o desafio da presença do verde na cidade.

8ª Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo.

Palestrantes: Adriana Levisky e Myriam Tschiptschin;

Data: dia 09 de agosto, quarta-feira;

Horário: das 09h30 às 11h30;

Local: São Paulo Expo;

Endereço: Rod. dos Imigrantes, s/n – Vila Água Funda, São Paulo – SP.

(+ informações> http://expogbcbrasil.org.br/sessoes-educacionais/)

Mais informações à imprensa – Levisky Arquitetos | Estratégia Urbana:

Clarissa Turra | Direção | Pitanga Comunicação

Assessoria de imprensa e comunicação
(11) 3796. 8139 ou (11) 9.9899.6318
clarissaturra@pitanganews.com
*Skype: clarissa.turra

Yumi Miyake | Atendimento | Pitanga Comunicação
Assessoria de imprensa e comunicação
(11) 9.9103.0965
pitanganews2@gmail.com

*Skype: yumi.miyake

 

 

Entre em contato

Não estamos disponíveis no momento. Mas você pode nos enviar um e-mail e nós reponderemos, o mais cedo possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?