Arquitetos como protagonistas do planejamento urbano

caubr_logoPor Giovani Bonetti, presidente em exercício do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de SC

Durante aproximadamente cinco décadas os arquitetos e urbanistas lutaram por um espaço onde pudessem discutir assuntos de interesse ligados diretamente as suas atividades e responsabilidades, sendo que um dos principais focos sempre foi o planejamento urbano. Por estarmos num conselho multiprofissional, onde questões específicas como esta precisavam dividir prioridades com outras 316 profissões, este assunto ficava sem força para ganhar os espaços de debate.

Somado à isso, vivenciamos o pouco interesse do poder público num ambiente político restritivo até meados da década de 80. O resultado pode ser percebido hoje nos problemas cotidianos de mobilidade urbana, ocupação irregular dos territórios e cidades mal planejadas.

Hoje contamos com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), criado há quatro anos, que busca discutir densamente o tema e colocá-lo nos espaços de decisões, assim como fomenta soluções em várias instâncias do poder. Grandes são os desafios que temos pela frente, assim como é grande a responsabilidade.

Mas com os arquitetos e urbanistas protagonistas do planejamento urbano estamos construindo nossa participação, seja nos conselhos municipais e estaduais, nas discussões dos planos diretores e nas articulações para criação efetiva das regiões metropolitanas em Santa Catarina.

Iniciamos uma nova gestão em 2015, tendo já ultrapassados muitos dos desafios de implantação, estruturação e aproximação com os profissionais. Agora, partimos para uma interação mais intensa com o poder público no intuito de induzir boas práticas e discutir novo modelo de desenho das cidades. O CAU/SC conta com uma nova Comissão de Políticas Urbanas, composta por profissionais experientes e comprometidos com o tema, representando todas as regiões do Estado. A ideia é criar diretrizes para que possamos contribuir em questões de interesse da sociedade.

O trabalho exige dedicação e persistência para que o assunto esteja permanentemente na pauta. Mas é possível inovar e utilizar todas as habilidades e atribuições dos arquitetos e urbanistas para intervenções inteligentes e que promovam bem estar com qualidade.

Depende do empenho de cada um de nós, arquitetos e urbanistas, para a construção de nossas cidades. Somos e seremos protagonistas do amanhã.

Fonte: CAU/BR

Entre em contato

Não estamos disponíveis no momento. Mas você pode nos enviar um e-mail e nós reponderemos, o mais cedo possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?