Em Jundiaí, IAB e Furnas promovem o 1o. Fórum de Habitação de Interesse Social

prefeitura de jundiaiA lei de assistência técnica será o foco principal da discussão

A Fundação Municipal de Ação Social (Fumas), em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ), promove o 1º Fórum de Habitação de Interesse Social. O evento será realizado no dia 31/10 (sexta-feira), na Universidade Paulista (Unip), com patrocínio da Caixa Econômica Federal.

O foco principal é a lei 11.888, de 2008, que assegura o direito das famílias de baixa renda à assistência técnica gratuita para o projeto e a construção da habitação de interesse social, com direito à moradia digna.

A programação é a seguinte:

8h30> Abertura da primeira mesa, sob coordenação da arquiteta e urbanista Larissa Carbone, com a presença do prefeito Pedro Bigardi; da presidente do IAB Jundiaí, Rosana Ferrari; do superintendente da Fumas, Rodrigo Mendes Pereira; e do superintendente regional da Caixa, Henrique Parra Parra.

10h – Discussão sobre a lei 11.888, de 2008, sob o tema “Assistência técnica: os desafios do arquiteto no contexto da questão urbana no Brasil e na produção de habitação de interesse social, como arquitetura de qualidade”.A mediadora será Alexandra Mattos e a discussão contará com três palestrantes, que são arquitetos e urbanistas: Claudia Pires, de Minas Gerais; Luiz Fernando de Almeida Freitas, do Rio de Janeiro; e João Withaker, de São Paulo.

Segundo a assessora de habitação da Fumas, Tatiana Reis Pimenta, apesar de a Fundação ter o Programa de Planta e Interesse Social, há a intenção de estender a iniciativa para que profissionais de Jundiaí possam atuar junto ao público formado pelas famílias de baixa renda. “A Lei 11.888, permite que profissionais do município ajudem no processo de urbanização”, comentou. Para que essa colaboração seja possível, já estão em estudo pelo departamento jurídico da Fumas convênios com o IAB e Associação dos Engenheiros de Jundiaí.

Tatiana explica ainda que a escolha do local do evento não foi por acaso. “A Unip tem estudantes de arquitetura, que podem participar do Fórum e se interessar pelo tema. Poder despertar o interesse desses alunos na habitação e interesse social, que é uma área carente de profissionais, para nós é muito importante.”

A expectativa é de receber 250 convidados, entre estudantes, arquitetos e engenheiros de Jundiaí e todas os municípios que integram o AUJ. Para participar, basta doar um quilo de alimento não perecível. O montante arrecadado será doado à Casa Transitória.

A previsão é de que o evento seja encerrado às 13h.

A Unip fica na avenida Armando Giassetti, 577, Vila Hortolândia, Trevo Itu-Itatiba.

Entre em contato

Não estamos disponíveis no momento. Mas você pode nos enviar um e-mail e nós reponderemos, o mais cedo possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?