Ideias e polêmicas sobre o Cais Mauá

Por Sabrina Ortácio

Um evento repleto de sugestões e propostas sobre a polêmica que está causando o projeto do Cais Mauá. Assim ocorreu o debate realizado na noite da última quarta-feira (06/08) no Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-RS), em Porto Alegre.

O encontro foi iniciativa do grupo UniverCidade e contou com mediação da jornalista Katia Sumam; e dos debatedores Suzana Pohia, do grupo Defesa da Alegria; e a advogada Jacqueline Custódio, do grupo Chega de Demolir Porto Alegre. O grupo UniverCidade define-se como um espaço de diálogo e coletivo de criação e produção de conhecimento sobre a cidade.

Para Tiago Holzmann da Silva, presidente do IAB-RS, neste tema é preciso diferenciar a discussão ideológica sobre o modelo de cidade de outra sobre as formas de procedimento administrativo. “O que está sendo proposto no Porto é legítimo, apesar de discordarmos do modelo de cidade que coloca esta a serviço de interesses econômicos”, opinou. Para ele, a grande maioria da sociedade está contrária a este modelo privatizante dos espaços públicos. “Temos que ter estratégias para enfrentar esta lógica. Todos nós, em conjunto, precisamos construir um projeto de cidade que seja compartilhado por todos”. A outra questão que foi apontada é a de procedimento. “Quais são os procedimentos que os órgãos públicos estão utilizando para implantar obras em nossa cidade?”, questionou o presidente. Silva informou que o IAB-RS defende a adoção do concurso público de arquitetura e da ampla discussão dos projetos pela sociedade. Para ele, hoje os projetos importantes para a cidade são tratados como se fossem secretos,e priorizam a solução da viabilidade econômica financeira em detrimento da urbanidade e do caráter público dos espaços da cidade. “Nenhum dos projetos recentes para Porto Alegre são de arquitetura, urbanismo e de construção da cidade, todos são estratégias de viabilização de negócios financeiros”, criticou Silva. “Precisamos ter estratégias imediatas para barrar esta postura do governo e o IAB-RS tem muito prazer de receber esse debate e ajudar a avanço das futuras ações”, destacou.

Leia mais…

Fonte: IAB-RS

0 Comentários

Envie uma Resposta

Entre em contato

Não estamos disponíveis no momento. Mas você pode nos enviar um e-mail e nós reponderemos, o mais cedo possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?