Neuroarquitetura: como melhorar a saúde e os resultados dos profissionais

Especialistas debatem em São Paulo como transformar ambientes de trabalho em áreas  saudáveis e menos estressantes para os colaboradores e aumentar a produtividade

WhatsApp Image 2017-03-10 at 12.18.58

Pesquisa realizada pela OMS (Organização Mundial da Saúde), mostra que o Brasil é o país com mais casos de depressão e ansiedade da América Latina. Os índices superam a média mundial. Nos casos de depressão, 5,8% da população nacional é atingida. Além disso, a ansiedade afeta  milhões de pessoas. No Brasil, a taxa é de 9,3%. As duas doenças são as que mais influenciam a incapacidade das pessoas. O ambiente de trabalho também é um dos motivos pelos quais as pessoas desenvolvem algum tipo de doença e estudos apontam que a arquitetura, a decoração e a forma como o ambiente de trabalho é organizado podem contribuir para diminuir essas incidências. Como melhorar estes ambientes e aumentar a produtividade dos colaboradores é o assunto que será tratado no Insights da Neuroarquitetura para Ambientes de Trabalho mais Produtivos, palestra que será realizada em São Paulo, no dia 14 de março, no LWM Corporate Center.

Hoje em dia as empresas investem em qualificação profissional, mas o espaço físico onde essas pessoas desenvolverão suas aptidões não reflete e não é coerente com isso. Não adianta capacitar uma pessoa e colocá-la para trabalhar em um ambiente desestimulante, a pessoa não dará o melhor dela”, afirma a arquiteta Priscilla Bencke, especialista em ambientes de trabalho, criadora do conceito Qualidade Corporativa no Brasil e organizadora do evento. Segundo Priscilla, existem três coisas que influenciam no desempenho profissional: quanto o profissional sabe sobre o assunto e sua atividade; quanto ele está motivado a fazer isso; e o ambiente físico onde ele está inserido. O ambiente de trabalho está ligado ao desempenho profissional, pois cada elemento que o compõe desperta diferentes estímulos nas áreas do cérebro, que colaboram ou não para que ele execute a atividade com excelência.

O ambiente pode e deve ser usado como uma ferramenta para a empresa. “É muito mais fácil adequar e modificar o ambiente que fazer isso com uma pessoa. Então, é uma ferramenta disponível e que poucas empresas dão conta das possibilidades”, comenta a arquiteta, que também será uma das palestrantes. O objetivo das palestras é mostrar aos empresários, arquitetos, projetistas e demais profissionais ligados à qualidade no ambiente de trabalho, como a neuroarquitetura pode trazer resultados positivos para a organização. Além de Priscilla, outras duas profissionais, Andrea de Paiva e Mariah Klüsener Pinheiro, que estudam a neuroarquitetura, debaterão o tema em São Paulo, no dia 14 de março (terça-feira). Os profissionais vão trazer explicações médicas e racionais sobre porque a escolha de determinados elementos no ambiente influenciam nas ações produtivas do funcionário. “Iremos mostrar a prática da neuroarquitetura no ambiente de trabalho. Mostrar porque ambientes de empresas, como o Google, dão certo e como esses locais deixam seus funcionários mais criativos, inovadores e produtivos”, explica Priscilla Bencke.

O diferencial das palestras é a neuroarquitetura, tema totalmente inédito no Brasil. “Se alguém hoje se interessar pelo assunto e quer participar de um evento ou discussão sobre isso tem de ir para o exterior. Nós estamos trazendo isso para o País de forma exclusiva”, destaca a arquiteta. Os palestrantes já estudam a neuroarquitetura e estão envolvidos tanto na parte prática como acadêmica do tema. “A ideia principal é expor o assunto de forma prática e objetiva, com uma linguagem acessível ao profissional de qualquer área sobre conceitos da relação da neurociência com a arquitetura”, aponta Priscilla.

O objetivo da arquiteta é que a neuroarquitetura seja conhecida dos empresários e de todos que estão na escala de decisões das empresas, que podem transformar os ambientes de trabalho em área saudável para os colaboradores, para obter melhor desempenho e resultados para as empresas. O evento pretende mostrar referências, empresas que já estão aplicando a neuroarquitetura em seus espaços físicos e apresentar o conceito de espaços colaborativos como já ocorre, por exemplo, em empresas da área de tecnologia, que já possuem espaços onde os colaboradores desenvolvem outras atividades.

 “Trata-se de um conceito de campus corporativo”, salienta Priscilla. Nestes ambientes, segundo a arquiteta, os funcionários se tornam mais criativos, produtivos e inovadores. “Isso é muito estratégico e nos permite tornar profissionais melhores, tudo relacionado ao impacto que esses ambientes têm nas pessoas. É onde entra a neurociência e neuroplasticidade, para enriquecer o ambiente para deixar o cérebro das pessoas mais plástico, influenciando diretamente a performance dos profissionais”, aponta Priscilla. A palestra servirá para os gestores enxergarem como o espaço físico está impactando na produtividade das pessoas e que a neuroarquitetura é uma ferramenta para adequar o ambiente. Assim, as pessoas passam a produzir melhor e a empresa ganha profissionais mais motivados. “Num momento onde as empresas precisam reduzir custos, ganham aquelas que conseguem investir no ambiente de trabalho para que as pessoas sejam mais produtivas”, completa.

Confira a agenda:

Palestra/Seminário – Insights da Neuroarquitetura para Ambientes de Trabalho mais Produtivos

Estimular um olhar para os ambientes onde as pessoas trabalham e trazer abordagens que comprovam a relação de comportamento humano com o meio externo. Oferecer explicações biológicas e racionais sobre o porquê nos sentimentos bem, ou não, em um determinado ambiente e como isso afeta a produtividade em ambientes de trabalho. Todos os participantes receberão um certificado digital com carga horária de 3 horas.

LOCAL: LWM Corporate Center – Auditório

ENDEREÇO: Rua George Ohm, 206 – 10° Andar / Bloco B – Cidade Monções – São Paulo/SP
DATA: 14/03/2017 (terça feira)

HORÁRIO: 08h30 às 11h30

INVESTIMENTO: 1º Lote R$ 50,00 / 2º Lote R$ 70,00

LINK DE INSCRIÇÃO: bit.ly/swtalksSPinsights

Mais sobre Priscilla Bencke

Lisa Roos Fotografia

Lisa Roos Fotografia

Especialista em projetos para Ambientes de Trabalho, consultora internacional de Qualidade em Escritórios, graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFRGS e pós-graduada em Arquitetura de Interiores pela UniRitter Laureate International Universities. É responsável pela Bencke Arquitetura e atua nas áreas de consultoria, projeto e execução, para empresas que buscam a produtividade através do bem estar e qualidade de vida aos colaboradores. Fundadora do conceito QUALIDADE CORPORATIVA: Smart Workplaces. É a organizadora da agenda de eventos em São Paulo e Porto Alegre sobre a arquitetura e neurociência.

Entre em contato

Não estamos disponíveis no momento. Mas você pode nos enviar um e-mail e nós reponderemos, o mais cedo possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?