Representantes do RIBA apresentam modelo de governança ao IAB-RJ

RIBAO diretor internacional e o assessor de Serviços ao Cliente do Royal Institute of British Architects (RIBA), Marcus Deeley e Rob Earl, respectivamente, apresentaram o modelo de governança da entidade britânica à presidência do IAB-RJ na tarde desta segunda-feira, 2 de fevereiro. O encontro foi um primeiro passo de aproximação entre RIBA e IAB, que resultará num programa piloto de intercâmbio profissional entre os dois países.

Earl explicou que o RIBA criou um sistema de serviços ao cliente com objetivo de explicar o porquê de se trabalhar com arquitetos, uma vez que qualquer pessoa pode exercer a função no Reino Unido. “O RIBA oferece orientações de como o cliente pode trabalhar com arquitetos, e possui também um guia de como se trabalhar com construtoras”, afirmou.

Assim como o IAB, o RIBA é uma instituição de livre associação e livre contribuição. Porém, para ser tornar membro, além da taxa de aproximadamente US$ 600 anuais, o profissional deve comprovar capacidade técnica e teórica. Os requisitos mínimos para ser membro pleno são cinco anos de curso e dois anos de prática. Os associados têm ainda que cumprir uma carga horária de pelo menos 35h por ano em cursos de capacitação ou eventos profissionais.

“A marca RIBA tem muita credibilidade na sociedade e acrescenta valor ao profissional. Isso faz com que muitos arquitetos queiram esse carimbo. Tanto que 80% dos arquitetos britânicos são nossos associados”, disse Deeley.

Fonte: IAB

Entre em contato

Não estamos disponíveis no momento. Mas você pode nos enviar um e-mail e nós reponderemos, o mais cedo possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?