Arquitetura Contemporânea – Uma Visão Crítica da Produção Atual

Como arquiteto, observador e crítico da arquitetura e design, algumas questões se tornaram importantes para mim nesses últimos anos, em relação à nossa atuação profissional. Como professor, percebi que muitas destas questões já se apresentam na escola. Não se trata de fazer crítica ao ensino da arquitetura, mas de contribuir para a melhoria de nossa capacitação.

A inserção, muitas vezes “imersão”, no mercado de trabalho, nos afasta da prática da pesquisa e do estudo, fundamentais para a formação, e constante construção do repertório individual. As discussões acontecem apenas nos meios acadêmicos e nas publicações especializadas (aquelas que “prestam”).

O permanente contato com a nossa realidade econômica, social e cultural não deixa espaço para as questões conceituais. A arquitetura do marketing imobiliário e os modismos nos mantém na constante luta entre fazer arquitetura de qualidade ou sobreviver na profissão.

Respeitando a defasagem que existe em vários aspectos entre o Brasil e os países desenvolvidos, é preciso não perder o bonde da história. Não podemos elitizar, ou voltar as costas, para o que acontece no primeiro mundo, seja arquitetura vernacular ou do espetáculo. O homem sempre precisou de moradias, mas também de monumentos e não podemos esquecer que a arquitetura deve ser o reflexo de sua época.

Nosso desafio é ainda maior: Conhecer e utilizar as tecnologias digitais de projeto e construção e poder tirar proveito de tudo o que elas permitem.

Levando em consideração todas essas questões, foi criado em 2007, o curso Arquitetura e Design do Presente-Uma Análise Crítica da Produção Atual. O curso é dividido em 10 capítulos, apresenta de maneira clara as origens e a rica produção contemporânea, através do trabalho de mais de noventa escritórios, entre os mais conceituados no cenário mundial. O conteúdo é atualizado semanalmente, com a inclusão dos projetos mais recentes em andamento.

Além disso, o curso pretende contribuir para o desenvolvimento da percepção, da capacidade de análise e do espírito crítico. Aponta o papel do arquiteto ou designer em nossa sociedade e da importância da adoção de um “discurso individual de projeto”.

Autor: Roberto Spina, Arquiteto e Professor da YCON

0 Comentários

Envie uma Resposta

Entre em contato

Não estamos disponíveis no momento. Mas você pode nos enviar um e-mail e nós reponderemos, o mais cedo possível.

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?